segunda-feira, 30 de março de 2020

CONTATO – Celpe, Compesa, Tribunal Regional Eleitoral são alguns dos órgãos que disponibilizaram contatos para comunicação na quarentena.

(Via programa “A Hora da Verdade”).

Durante a pandemia do novo coronavírus alguns serviços essenciais estão disponibilizando canais de comunicação para que o público possa entrar em contato e receber orientações sobre como proceder nesse período de quarentena. O repórter Rinaldo Luiz trouxe um balanço dos principais serviços e quais os meios para fazer contato.

Durante a pandemia do novo coronavírus alguns serviços essenciais estão disponibilizando canais de comunicação para que o público possa entrar em contato e receber orientações sobre como proceder nesse período de quarentena. Nosso repórter Rinaldo Luiz trouxe um balanço dos principais serviços e quais os meios para fazer contato. Confira:

Posted by A Hora da Verdade on Monday, March 30, 2020
(Via rede social).

>>DA REDAÇÃO / Via equipe do programa “A Hora da Verdade”.

segunda-feira, 30 de março de 2020

(Via Assessoria).

A Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco – Seres/PE, em parceria com a Teleport Educacional, está ofertando cursos qualificação online para detentos de 20 unidades prisionais de Pernambuco. A ação visa reduzir a ociosidade neste momento em que as atividades escolares e demais eventos foram suspensos por conta da disseminação do coronavírus.

As primeiras unidades a receberem os treinamentos foram o Presídio de Igarassu (PIG), na Região Metropolitana, e Colônia Penal Feminina de Buíque (CPFB), no Agreste de Pernambuco, ambos iniciaram as aulas – ministradas por vídeo – no final da semana passada. A parceria é viabilizada pela Superintendência de Capacitação e Ressocialização/Seres.

Ao todo são 2.240 vagas em sete cursos: Empreendedorismo, Vendas, Recursos Humanos, Logística, Marketing, Manutenção de Micro e Inglês Básico. Com exceção do de inglês que tem 80 horas, os demais possuem 40 horas aulas. “É uma forma de manter a capacidade cognitiva dos presos ativa e garantir a certificação e redução de pena já que, por prevenção ao Covid-19, as atividades foram suspensas temporariamente”, ressaltou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

No PIG são 140 alunos, divididos em sete turmas, contemplando todas as áreas e na colônia feminina são 15 presas aprendendo sobre Empreendedorismo. Os participantes terão direito a certificados e remição de pena. As outras unidades estão em fase de preparação para iniciarem as capacitações.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Franci Almeida.

sábado, 28 de março de 2020

(Via rede social).

Com uma população de mais de 70 mil habitantes, Arcoverde é considerada à porta de entrada do Sertão pernambucano. Mas, como tantas outras cidades do interior, também enfrenta desafios no que diz respeito a ausência do poder público em áreas periféricas, lugares onde o sentimento é de abandono. Pelo menos, essa tem sido a narrativa dos moradores de alguns bairros, entre eles, o Bairro Coliseu. 

Moradores dessa localidade relatam que a chegada das chuvas, nos últimos dias, trouxe ainda mais dificuldades para quem mora no bairro, pois, a água de uma barragem próxima inundou ruas e invadiu casas, deixando um rastro de destruição e prejuízos. Felizmente só danos materiais. No entanto, se engana quem pensa que o problema é recente. Segundos eles, há anos que a população do Bairro Coliseu espera uma solução definitiva para os transtornos de alagamento e falta de infraestrutura.

FOTO: Água alagou ruas e invadiu casas no Bairro Coliseu (Via WhatsApp).

“Ano passado nossas casas foram invadidas pela água e hoje vemos tudo se repetir sem poder fazer nada, vivemos na incerteza de quando seremos surpreendidos novamente pela enxurrada e até quando viveremos sem uma solução definitiva? Somos pais de família, trabalhadores, crianças, idosos, pessoas que pagam seus impostos e querem apenas um pouco de dignidade para viver” declarou o morador Gilberto Camêlo. A casa dele foi uma das mais afetadas pela inundação.

Nos vídeos e fotos que nossa equipe recebeu é possível observar o drama de pais e mães de família que já não sabem mais a quem recorrer ou pedir ajudar, na esperança de ter uma vida digna, com acesso aos serviços básicos de infraestrutura e principalmente com políticas públicas voltadas para às necessidades das comunidades carentes. “O que mais precisamos, nesse momento, além do calçamento e saneamento básico, claro, é um sistema de escoamento que não permita a água invadir nossas ruas e nossas casas. Temos vivido dias preocupantes no lugar onde moramos e isso nos entristece, pois, sentimos na pele a ausência do poder público”, desabafou outro morador que preferiu não se identificar.

(Via rede social).

Cansados de esperar, alguns moradores se reuniram e entraram com uma ação no Ministério Público em busca de ajuda para sanar ou, pelo menos, amenizar o sofrimento da população do bairro.

>O OUTRO LADO

Questionada sobre as reclamações dos moradores, “a Prefeitura Municipal de Arcoverde informou que, desde a última terça-feira (24 de março), quando o período crítico de chuvas foi iniciado no município, equipes das Secretarias Municipais de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Obras e Projetos Especiais, além de Assistência Social, estão trabalhando para que os danos sejam amenizados em todas as localidades.

Assim como já foi promovido na Vila São Francisco, no São Geraldo e na Boa Esperança, a equipe da Secretaria de Assistência Social pretende iniciar nos próximos dias, no Bairro do Coliseu, visitas para cadastro das famílias mais afetadas pelas chuvas e entrega de cestas básicas e kits de limpeza, assim como o cadastramento das famílias que estão desabrigadas nas áreas mais atingidas pelas chuvas. “Estamos aguardando os itens das outras cestas chegarem pra gente montar os kits”, ressaltou a Secretária da pasta, Patrícia Padilha. 

A Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente está reforçando, no local, a retirada de entulhos, limpeza das ruas, desobstrução de galerias e restabelecimento de tráfego em algumas ruas. E a Secretaria de Obras e Projetos Especiais está avaliando todos os danos para continuar com todas às medidas paliativas nos diversos bairros prejudicados. “Estamos promovendo a abertura de valas e máquinas estão fazendo a limpeza não apenas no bairro do Coliseu, como em diversas áreas do município. Até o momento contabilizamos mais de 150 famílias com casas alegadas e perdas de móveis”, ressaltou o secretário municipal da pasta, Aildo Biserra.”

>>DA REDAÇÃO.

sexta-feira, 27 de março de 2020

(Via Blog do Alberes Xavier).

O deputado federal por Pernambuco, Fernando Rodolfo (PL/PE), confirmou, durante participação no programa “Cidade em Foco” pela Rede Agreste de Rádios, que destinou 12 milhões de reais em emendas parlamentares para a saúde de municípios pernambucanos com o objetivo de contribuir com as ações de combate ao novo coronavírus.

Apesar de a Câmara Federal não estar realizando reuniões presenciais em Brasília, o deputado destacou que tem trabalhado muito em prol do país. “Nós aprovamos o estado de calamidade pública que o presidente enviou para o Congresso Nacional. Nós elaboramos projetos de Lei, um deles trata da questão do corte de energia e água durante o período de coronavírus, inclusive, essa tese já foi adotada pela Justiça de Pernambuco que proibiu o corte”, destacou o mesmo. 

Além disso, o mesmo destacou que tem mantido contato direto com prefeitos e secretários municipais de saúde, na busca de estabelecer ações que possam ajudar os municípios a superar essa crise, inclusive com destinação de emendas para a saúde. “Fiz uma realocação das minhas emendas parlamentares no começo desta semana, estamos contemplando Pernambuco e o interior do Estado com 12 milhões de reais, com emendas impositivas de meu gabinete, emendas que iriam para obras e outras áreas”, destacou o mesmo. 

>Eleições – Ao ser questionado sobre o calendário eleitoral para as eleições 2020, que até o momento está mantido pelo Tribunal Superior Eleitoral apesar da crise estabelecida no país, o deputado afirmou, “O calendário eleitoral está mantido pelo Tribunal Superior Eleitoral, o prazo de filiações termina no próximo dia 4 de abril, quem quiser ser candidato a vereador ou a prefeito nesta eleição tem que estar atento a esse prazo. Mas confesso que minha preocupação neste momento não é essa”.

>Preocupação – O mesmo admitiu que sua atenção neste momento está voltada para as questões que envolvem a superação das problemáticas relacionadas ao novo coronavírus e elogiou a postura do prefeito de Toritama, Edilson Tavares (MDB). “Minha preocupação agora é colocar dinheiro nas prefeituras, para investirem na saúde. Está aí o prefeito de Toritama que está partindo na frente, fazendo um grande trabalho, nem o conheço pessoalmente, mas pelo que tenho visto nas redes sociais, ele tem sido um grande gestor neste momento de crise que o país enfrenta”, disse. 

>Liberação – O deputado ainda informou que as emendas impositivas destinadas pelos parlamentares para ações de combate ao vírus deverão ser liberadas pelo Governo Federal até o final deste mês. “A uma determinação do Governo Federal de liberar as emendas parlamentares dos deputados e senadores direcionadas para a saúde até o final deste mês ou no máximo o começo de abril, então não vai ter burocracia nisso”, afirmou.

>>FONTE: Blog do Alberes Xavier.  

quinta-feira, 26 de março de 2020

MUNDANÇA – Feira do Salgado acontecerá provisoriamente no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga.

(Via Assessoria).

Atendendo às recomendações dos órgãos de saúde para a prevenção da Covid-19, a Secretaria de Serviços Públicos vai realizar algumas alterações em três feiras de bairro, neste fim de semana. A primeira mudança ocorre na feira do Bairro São Francisco desta sexta-feira (27). Para garantir os espaçamentos recomendados, os bancos, que normalmente formavam quatro fileiras na rua, serão realocados para as extremidades da via, reduzindo assim para apenas duas fileiras. Como a montagem será feita nas extremidades da rua, haverá a distância necessária e mais espaço para a circulação de pessoas.

A segunda alteração é na tradicional freira do Salgado, que será transferida, provisoriamente, para o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, no sábado (28) e domingo (29). Já a feira do Bairro São João da Escócia, será realocada da Rua Maria Antonieta, para a Rua Paulo de Lima. A mudança visa garantir mais segurança para a saúde de quem comercializa e de quem compra na feira do bairro.

A secretaria ainda reforça que todas essas medidas são de prevenção, recomendadas pelos órgãos de Saúde. A orientação é que as pessoas  devem evitar aglomerações, manter a distância necessária e serem objetivas nas compras. Pessoas com mais de 60 anos precisam evitar lugares com maior fluxo de gente e devem repassar a tarefa das compras em feiras e supermercados para os familiares ou amigos que não estejam no grupo de risco.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Tony Maciel.

quinta-feira, 26 de março de 2020

RECURSOS – Dinheiro é referente à parcela de março; em todo o ano, já são R$ 162 milhões.

(Reprodução internet).

O Ministério da Educação – MEC liberou nesta semana R$ 54 milhões para pagamento de profissionais em residência médica e outros profissionais de saúde. A pasta é responsável por 13.785 bolsas, distribuídas por 59 instituições federais de ensino superior.

Os recursos liberados pelo MEC são referentes à parcela de março. Os repasses de janeiro e fevereiro já haviam sido feitos. Em 2020, a pasta já liberou R$ 162 milhões para os profissionais em residência médica e multiprofissionais em saúde. O dinheiro é descentralizado para as instituições, que efetuam os pagamentos.

“Apesar de ser um estudante em especialização, o residente já é um profissional. A atuação de cada um é de suma importância para o país, especialmente na situação atual com o novo coronavírus”, explicou o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza.

As residências médicas e multiprofissionais em saúde compõem uma modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu, destinada à capacitação de profissionais de saúde, sob a forma de curso de especialização.

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação Social – MEC / Guilherme Pera.

quinta-feira, 26 de março de 2020

(Via Blog do César Mello).

Utilizando suas redes sociais, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), comunicou à população, através de um vídeo postado no início da tarde desta quinta-feira (26), a suspensão do São João da Moda 2020. Edson foi enfático e descreveu a importância de paralisar o São João da Moda 2020. “Depois que tive uma reunião com minha equipe na prefeitura, decidi suspender o São da Moda 2020 de Santa Cruz do Capibaribe. Uma decisão difícil de ser tomada, mas, acima de tudo, porque compreendemos a situação delicada de saúde pública que vive em nosso país, estado e cidade. Espero ter a sensibilidade e a compreensão de toda população para que juntos, possamos vencer essa batalha contra o novo coronavírus”, pontuou o prefeito.

Neste mesmo vídeo, Edson Vieira falou que devido à suspensão do São João deste ano, a administração municipal está direcionando todos os seus esforços para três importantes áreas de atuação na cidade, sendo elas: Saúde, Economia e Desenvolvimento Social. Na oportunidade, o prefeito também tirou dúvidas sobre o Decreto de Nº 48.834 do Governo do Estado, onde diz que o funcionamento do comércio em Pernambuco está autorizado, desde que seja através de entrega direta nas residências. O gestor explicou que a abertura do comércio direto à população está proibido, porém, somente os serviços de entregas de pedidos que são feitos por telefone ou aplicativos (delivery) estão liberados.

Outro ponto que o gestor tocou foi sobre o funcionamento de borracharias e oficinas na cidade. Edson Vieira destacou que estes serviços estão liberados para atendimento ao público, pois são essenciais para atender às necessidades básicas da população. Edson finalizou seu vídeo pedindo ao povo sensibilidade, compreensão e apoio neste momento delicado que passa o Brasil, Pernambuco e Santa Cruz do Capibaribe.

(Via rede social).

>>FONTE: Via Blog do Alberes Xavier.

quinta-feira, 26 de março de 2020

(Reprodução internet).

A Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco – PGE/PE disponibilizou, em seu site, orientações aos gestores públicos e ao público em geral sobre contratações públicas neste período de calamidade pública, bem como modelos de documentos utilizados nessas atividades e toda a legislação estadual que embasa os atos do governo do Estado para enfrentamento da pandemia de coronavírus. O material está disponível no endereço www.pge.pe.gov.br/PGEPE_EnfrentamentoCoronaVirus.aspx.

Estão disponíveis modelos padronizados de minutas de contrato de dispensa emergencial de licitação e de termo de ajuste, orientações sobre o regime de transição dos contratos administrativos, parecer referencial e um passo a passo para contratações diretas. Também é possível acessar a legislação estadual relativa ao tema – decretos do executivo e do legislativo, atos administrativos – e acessar um link para pesquisa no Diário Oficial do Estado de Pernambuco.

O trabalho é realizado por duas especializadas da PGE-PE: Procuradoria Consultiva e Procuradoria de Apoio Jurídico Legislativo ao Governador, com apoio da Unidade de Informática da instituição. “As orientações e instrumentos padronizados confeccionados pela PGE-PE têm como objetivo auxiliar o gestor na tomada de decisões céleres, com a necessária segurança jurídica, tão importantes em uma situação emergencial como a vivenciada no combate à epidemia de coronavírus que assola nosso Estado e o País”, afirmou a procuradora-chefe da Consultiva, Suely Barros.

A procuradoria-chefe adjunta da Procuradoria de Apoio, Maria Cristina Tavares, enfatiza que a transparência quanto às decisões, atos e normas é uma das características mais importantes dos regimes democráticos para dar à população conhecimento e clareza sobre as regras de conduta estabelecidas pelos governos. “A disponibilização desse acervo normativo, consolidado e atualizado pela nossa equipe na página da PGE-PE, facilitará a informação da população sobre as medidas implementadas pelo Governo do Estado e fortalecerá a aderência a essas medidas pelos atores sociais e econômicos envolvidos”, ressaltou a procuradora.

Ela lembra que essa disponibilização se torna ainda mais imperiosa em momentos como o atual, quando o Estado precisa editar sucessivos atos normativos para responder às múltiplas urgências e necessidades que surgem a cada dia.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco.

quinta-feira, 26 de março de 2020

MÁSCARAS – Material produzido será doado para unidades hospitalares como o Hospital Regional do Agreste, Hospital Mestre Vitalino, Fusam e UPAE.

(Via Assessoria de Imprensa).

Reeducandos da Penitenciária Juiz Plácido de Souza – PJPS em Caruaru, no Agreste pernambucano, produzirão, a partir desta sexta-feira (27), máscaras para serem utilizadas na prevenção do novo coronavírus. Cerca de 300 quilos de acetato foram doados por um empresário local à unidade prisional.  

O Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, definiu a iniciativa como essencial no processo ressocializador. “Contribuir com a população, direta ou indiretamente, em um momento como este que estamos atravessando é nobre para qualquer cidadão. A ideia é ampliar a atuação para outras unidades prisionais e, assim, ajudar cada vez mais a sociedade com a mão de obra carcerária”, relatou.

A gerência prisional reservou um local para a confecção do material, onde dez reeducandos trabalharão de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e produzirão mil unidades que serão doadas aos profissionais de saúde dos hospitais Regional do Agreste e Mestre Vitalino, Fusam/Caruaru e à UPAE (Unidade de Pronto Atendimento do Estado).

Interessados em fazer doações ao sistema prisional de Pernambuco, podem entrar em contato através do telefone (81) 9-9488-2107 ou e-mail paulo.paes@seres.pe.gov.br.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Franci Almeida.

quinta-feira, 26 de março de 2020

(Reprodução internet).

O Ministério da Educação – MEC informou que busca alternativas, em conjunto com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), para destinar os alimentos em depósito nas escolas públicas aos estudantes que estão com aulas suspensas por conta do coronavírus.

Em constante diálogo, o MEC e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) querem permitir que as secretarias de Educação definam como e com qual frequência haverá a distribuição dos alimentos, seguindo protocolos para evitar aglomerações de pessoas e contaminação da doença. Para isso, porém, buscam segurança jurídica para qualquer decisão. As pastas se reuniram nesta semana com o Consed e a Undime e um novo encontro está previsto para os próximos dias.

Por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o FNDE, vinculado ao ministério, já repassou R$ 763 milhões às escolas neste ano para compra de diversos itens, como arroz, feijão e macarrão, que estão em depósito.

A maior parte dos recursos do programa – mais de R$ 3 bilhões -, no entanto, ainda não foi para os estados e municípios. O MEC e as duas entidades que representam a comunidade escolar analisam como será feito o repasse em conformidade com as normas legais. O objetivo é não deixar os 40 milhões de estudantes atendidos pela iniciativa sem refeição durante o período de suspensão de aulas, definido por cada estado e município.

O MEC e as duas entidades que representam a comunidade escolar, em conformidade com a legislação que regulamenta a matéria, estudam uma forma de buscar atender as necessidades dos alunos beneficiários do PNAE.

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação Social – MEC.