quinta-feira, 02 de abril de 2020

DEMANDA – O local conta com 200 m² para dar suporte ao atendimento de pacientes com sintomas gripais.

(Via Assessoria).

Levando em conta a situação de pandemia do novo coronavírus que o Brasil e o mundo vivenciam atualmente, a preocupação com a saúde fica cada vez mais intensa e necessária. Diante disso, e tendo em vista o aumento no número de pacientes que possam vir a necessitar de cuidados médicos específicos, a Unimed Caruaru montou uma estrutura extra para ampliar os atendimentos. Trata-se da Unidade de Gripe, uma área de suporte ao atendimento de pacientes com sintomas gripais que já está finalizada e equipada para iniciar os serviços no Hospital Unimed Caruaru (HUC).

A estrutura conta com 200 m²  e foi montada de frente ao HUC em caráter emergencial, diante da necessidade de atendimento aos pacientes que procuram o hospital com sintomas suspeitos da Covid-19. No local foram instalados três consultórios 24 horas, sala de recepção com totem de atendimento digital e nove cadeiras para os pacientes, obedecendo a distância segura de um metro e meio entre elas, assim como na sala de observação que tem mais seis poltronas dispostas da mesma maneira. A estrutura servirá de suporte para a área que foi reservada dentro do hospital com Unidade de Estabilização, leitos de isolamento e leitos da UTI exclusiva para os atendimentos da COVID-19, equipados com aparelhos respiratórios.

O objetivo é evitar que pacientes de outras patologias tenham contato com casos suspeitos de Covid-19. “A Unimed Caruaru está consciente das suas responsabilidades em relação aos pacientes, familiares e todo corpo de colaboradores, se estruturando cada vez mais”, destaca a diretora-presidente da Unimed Caruaru, Drª Nadyvan Queiroz.

Além da estrutura, toda a equipe médica foi treinada para lidar com o coronavírus. Seja com relação aos sintomas, prevenção ou tratamento, os profissionais estão aptos para realizar procedimentos que tiveram eficácia comprovada em outros países. Para garantir atendimento com segurança, todos os membros da equipe estão utilizando equipamentos de proteção nos procedimentos.

>Serviço 24 horas

Conforme recomendação do Ministério da Saúde e reconhecendo a importância do isolamento social para a contenção do coronavírus, a Unimed Caruaru adotou um Serviço de Orientação em Saúde 24 horas para que os clientes possam fazer solicitações ou tirar dúvidas sem sair de casa pelo número 0800 772 3772. O canal de atendimento busca ampliar o acesso à informação sobre o coronavírus e outros assuntos relacionados.

Também estão disponíveis outros canais para buscar atendimento sem sair de casa. Quem precisa falar sobre serviços financeiros, como 2ª via de boleto e renegociação de pendências, os números para contato são (81) 9 8284-0365 / (81) 9 9954-0040 / (81) 9 8211-0053.

Os clientes também podem acompanhar as redes sociais da Unimed Caruaru que estão sendo atualizadas com informações a todo o momento, através do Instagram, no endereço @unimedcaruaru, pela página do Facebook Unimed Caruaru, e através do site unimedcaruaru.com.br.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Michelle Veloso.

quinta-feira, 02 de abril de 2020

PRODUÇÃO – As máscaras, toucas e aventais serão usados por profissionais do Vale do São Francisco na prevenção do Covid-19.

(Via Assessoria).

Mais detentos de Pernambuco contribuem para a prevenção do coronavírus. Na Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes (PDEG), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, teve início esta semana, a confecção de avental, touca e máscaras faciais para serem destinados aos profissionais de saúde do Vale do São Francisco e servidores da unidade prisional. 

A doação da matéria prima foi feita pela empresa local Toxa, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e ONG Movimento, ligada à Igreja Verbo da Vida. A expectativa é que seis presos produzam diariamente 600 máscaras e 25 conjuntos de avental e touca. “Estamos vivendo um momento difícil para todos e a contribuição dos presos vai além da necessidade material. É uma forma de enfrentar essa pandemia e os seus obstáculos à medida que eles têm direito à remição de pena”, destacou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico. 

Os seis detentos já têm experiência em costura, pois trabalham na fábrica de travesseiros, localizada na PDEG. “O treinamento serviu para aprimorar os conhecimentos dos reeducandos como por exemplo os cortes mais específicos das peças”, explicou o supervisor Administrativo da PDEG, Vinicius Colares. A ação é realizada também pelos privados de liberdade da penitenciária de Caruaru.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Franci Almeida.

quinta-feira, 02 de abril de 2020

Por SAYONARA ANDRADE – A pandemia que, com um tsunami, invadiu todas as esferas da vida comum, também pede uma resposta objetiva da nossa espiritualidade.

(Reprodução internet).

ligião e solidariedade sempre tiveram vínculos importantes. Afinal, não há como expressar a fé somente na vertical. A pandemia que, com um tsunami, invadiu todas as esferas da vida comum, também pede uma resposta objetiva da nossa espiritualidade. Milhares de pares de olhos estão, como nunca, fitos em figuras com liderança em nivel sacerdotal nesse tempo de crise mundial incomum. O fantasma da crise econômica tem apavorado os países por onde o Covid-19 está passando.

Todavia, tenho a impressão que as religiões ainda não perceberam de todo o seu papel frente ao Coronavírus. Infelizmente essas organizações não tem ido muito além do contactar o rebanho por meio de reuniões e conselhos on line. Essa prática não faz diferença? Longe disso! A angústia psicológica causada pelas informações em torno do novo vírus tem proporções épicas. Estreitar a fraternidade com aqueles que compartilham nosso forma prática de crer em Deus faz bem, especialmente agora. No entanto, essa união entre iguais não pode ficar só nisso.

Essa doença toca tanto na integridade física quanto monetária das pessoas. Seria extraordinário vermos um avivamento sem precedentes da solidariedade humana no Brasil, pelo menos. Isso é diferente do que temos testemunhado. Não ouvimos sobre templos arrecadando alimentos para, sequer, seus fiéis necessitados. Nem há relatos de que os cabeças de nossas religiões pensam na comida que faltará na mesa dos que serão tragados pela falta de clientes causada pelo isolamento social quanto ao Coronavírus. Mas sobram convocações (e às vezes, quase intimações) para que o devoto não cesse de mandar dinheiro para honrar compromissos de sua entidade religiosa.

Tomara que o tempo em que estamos dê um jeito de envergonhar a consciência dessa casta eclesiástica, por assim dizer. Mas não podemos mais viver esperando por esse dia. Se você professa uma crença na Luz, no Amor e no Bem, que tal começar a ajudar os domésticos da sua fé? Existe maneira mais nobre e inequívoca de expressar os Verdade que você acredita? Há jeito mais objetivo de mostrar ao seu próximo aquilo que você chama de busca pela evolução?

Se cada leitor desse artigo ajudar a por comida na mesa de pelo menos um irmão de fé, que diferença faremos! Nossa atitude mostrará o amor que pregamos, ao mesmo tempo em que denunciará o tipo de liderança que transforma a religião em culto ao próprio nome. Sei que parte do que escrevo aqui indignará você. Mas vá além da indignação. Pratique sua fé pelo menos com quem frequenta os mesmos santuários que sua família.

Sabe-se que a generosidade não tem que ser estendida apenas àqueles com quem temos afinidade. Porém, esse artigo sugere um exercício de bondade geograficamente muito próximo, e por isso, bem fácil de aplicar. Nas próximas semanas o Coronavírus pode até mesmo provocar um caos muito maior sobre nossas vidas e economia. Quem sabe? Mas penso que tipos de solo de tal natureza tem potencial de dar asas à solidariedade, especialmente, a de fundo religioso.

Plante o Amor no Caos. Parece absurdo, mas o solo é muito fértil para o Bem florescer. Não precisamos mais perguntar ao Céu como ajudar alguém. Precisamos, apenas, dar uma olhadinha para quem está semanalmente do nosso lado.

>>Por Sayonara Andrade / Via Site Portal de Prefeitura..

quinta-feira, 02 de abril de 2020

(Reprodução internet).

Buscando minimizar os impactos do Coronavírus, o grupo irá produzir e distribuir álcool em gel e máscaras do tipo escudo facial por impressão 3D. Coordenado pelo professor de química e vice-diretor do Campus, Gilson Lima da Silva, o grupo de apoio foi criado para atender as demandas sociais e estruturais no combate ao Covid-19. 

A iniciativa nasceu de um entendimento, entre a direção do CAA e diversos setores da comunidade acadêmica, sobre a escassez de materiais na prevenção ao vírus. A ação conta com parceiros de diversos setores da sociedade pernambucana. Entre eles: UPE, FIEPE, ACIC, Prefeitura de Caruaru, Armazém da Criatividade, SENAI, NTCPE, Propesq, coordenadores de laboratórios, coordenadores de cursos, empresários e outros secretários, coordenadores de núcleo, técnicos administrativos e representação estudantil do campus. 

Dentre as metas de atuação do grupo estão: Produção do álcool 70 para uso nas Unidades de saúde; mediação junto às grandes indústrias na produção em larga escala de álcool em gel, para abastecer os hospitais e unidades de saúde; desenvolvimento de protetor facial para

produção auxiliada por impressora 3D; produção de máscaras de tecido, através do laboratório de Moda; apoio à rede municipal de saúde, com a participação de alunos voluntários e participantes do internato do curso de Medicina do Campus do Agreste. 

Além da criação do grupo de trabalho, a gestão do Campus do Agreste, com a aprovação da gestão do curso de medicina, colocou a unidade de saúde do Campus à disposição da secretaria de saúde de Caruaru para servir de apoio na necessidade de expansão de espaço adequado para leitos. “A Universidade vem cumprindo o seu papel de contribuir com a sociedade. Seja através do ensino, pesquisa, extensão ou inovação, a partir do conhecimento para apresentar ações e soluções que possam ajudar a toda a comunidade a superar situações como essa”, afirmou Manoel Guedes Alcoforado – diretor do Campus do Agreste.

>>FONTE: Via Professor José Urbano.

quinta-feira, 02 de abril de 2020

NOVIDADES – Medida tem caráter excepcional e vale tanto para as educações básica e superior; estudantes da área de saúde poderão ter a conclusão do curso antecipada.

(Reprodução internet).

As escolas da educação básica e as instituições de ensino superior poderão distribuir a carga horária em um período diferente aos 200 dias letivos previstos em lei. O governo federal tomou a medida por conta da pandemia do novo coronavírus. A situação é excepcional e valerá enquanto durar a situação de emergência da saúde pública.

A autorização consta na Medida Provisória 934, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, e publicada em edição extra da última quarta-feira, 1º de abril, do Diário Oficial da União (DOU).

Para a educação básica, isso significa que as 800 horas da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio poderão ser distribuídas em um período diferente aos 200 dias letivos. A carga horária é definida pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

“Essa flexibilização é autorizativa em caráter excepcional e vale tão e somente em função das medidas para enfrentamento da emergência na saúde pública decretadas pelo Congresso Nacional”, observou o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Janio Macedo. “A flexibilização deverá observar as normas dos respectivos sistemas de ensino”, explicou.

A educação superior também conta com 200 dias letivos obrigatórios previstos na lei. A carga horária se aplica de acordo com as diretrizes curriculares dos cursos. A flexibilização deverá seguir as normas dos respectivos sistemas de ensino.

“A principal mudança é para alguns cursos da área de Saúde, que poderão ter a conclusão antecipada. No caso de Medicina, pode haver abreviação do internato. Para Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, do estágio curricular obrigatório”, disse o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza.

As instituições de educação superior poderão antecipar a conclusão do curso dos estudantes que tiverem cumprido 75% do internato em Medicina. Para Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, no caso dos alunos que já passaram por 75% do estágio curricular obrigatório.

O internato é praticado nos últimos dois anos de curso; o estágio curricular obrigatório, no último.

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação Social – MEC. 

segunda-feira, 30 de março de 2020

OPORTUNIDADES – Instituição oferece 40 mil novas vagas em cursos de Educação, Gastronomia, Gestão, Hospitalidade, Informática, Moda e Saúde.

O  Senac EAD (www.ead.senac.br) disponibiliza, gratuitamente, a partir desta semana, 40 mil novas vagas em 20 cursos a distância, entre extensão universitária e livres. Na iniciativa também estão disponíveis vídeos com temáticas variadas. As formações contam com certificado válido em todo o território nacional. Na última semana, já foram oferecidas 24 mil vagas que se esgotaram rapidamente.

A iniciativa reforça que a educação é um dos principais meios para o desenvolvimento da comunidade e que deve ser contínua, mesmo que em casa, considerando o cenário de isolamento social por conta da pandemia de Covid-19 (novo Coronavírus).

Os cursos disponíveis estão concentrados em três áreas, sendo elas: Educação, Gestão e Saúde para a modalidade extensão universitária. Já os cursos livres são variados, passando por Administração do Tempo, Desenvolvimento de Equipe, Estilo e Imagem Pessoal, Aproveitamento Integral de Alimentos, entre outros. A abordagem didática conta com recursos multimídia em formatos variados e textos disponibilizados offline e para impressão, videoaulas, materiais interativos e atividades avaliativas.

As inscrições para os cursos podem ser realizadas pelo site do Senac EAD (www.ead.senac.br). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail ead@pe.senac.br ou pelos telefones (81) 3413-6728 / 3413- 6729 / 3413- 6730.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Rosêngela Araújo – Dupla Comunicação.

segunda-feira, 30 de março de 2020

QUARENTENA – Usuários não terão prejuízos e conteúdos serão cumpridos após o fim do isolamento social.

(Via Assessoria).

Neste período de isolamento social, devido à pandemia do coronavírus, o Sesc em Pernambuco suspendeu as atividades até o dia 15 de abril. Durante esse período, o pagamento das mensalidades das atividades também estará suspenso até a retomada das atividades. A medida é válida para os cursos de cultura, esportes e academia. O crédito dos dias já pagos será compensado com a prorrogação do prazo associado à oferta do serviço.

Sobre os cursos de educação, o Sesc informa que o pagamento das mensalidades da Educação Infantil, Ensino Fundamental e cursos complementares, como Pré-Enem, Inglês, Robótica e Informática, também só será retomado com o retorno das aulas, e não haverá cobrança de multas e juros. A carga horária anual será cumprida com reposição dos conteúdos. O Sesc tem à disposição o e-mail faleconosco@sescpe.com.br para dúvidas e informações.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Cláudio Rodrigues – Dupla Comunicação.

segunda-feira, 30 de março de 2020

(Via TSE).

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, ministra Rosa Weber divulgou, ontem (domingo, 29), uma nota afirmando que as eleições municipais de outubro irão acontecer. “Neste momento ainda há plenas condições materiais de cumprimento do calendário eleitoral”, declarou Weber. “Os graves impactos da pandemia do coronavírus na saúde pública têm acarretado múltiplas dificuldades em todas as áreas. Não é diferente no âmbito da Justiça Eleitoral. No entanto, neste momento é prematuro tratar de adiamento das Eleições Municipais 2020”, explicou a presidente do TSE, no comunicado.

Na nota, Rosa Weber diz ainda que a certeza de que as eleições não serão adiadas é compartilhada pelo ministro Luís Roberto Barroso, que assumirá a presidência da Corte em maio. Na semana passada, Barroso disse que a Constituição Federal é quem prevê a realização de eleições no primeiro domingo de outubro. “A alteração dessa data depende de emenda constitucional. Portanto, não cabe a mim cogitar nada diferente nesse momento”, afirmou o ministro.

Ainda de acordo com Rosa Weber, três testes em urnas eletrônicas foram cancelados nos últimos dias devido ao coronavírus. A Corte estuda novas datas para que os testes sejam realizados. “Estamos acompanhando atentamente a evolução diária do cenário nacional, inclusive para eventuais reavaliações, mantidas as atividades essenciais à realização das Eleições 2020”, completou.

>>FONTE: Via Blog do Elielson Lima.

segunda-feira, 30 de março de 2020

(Reprodução internet).

A Secretaria Municipal de Saúde de Gravatá, no Agreste pernambucano, informou que o resultado do paciente que estava com suspeita de coronavírus no município deu negativo. O resultado foi divulgado na manhã desta segunda-feira (30), através do Laboratório Central de Saúde Pública do Governo de Pernambuco.

O paciente, de 64 anos, deu entrada no Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga Pessoa na última quinta-feira (26), com insuficiência respiratória, cefaleia e febre. Ele foi isolado em uma área específica  e regulado pela Central de leitos do Estado de Pernambuco, conforme protocolo instituído pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, sendo encaminhado ao Hospital Mestre Vitalino em Caruaru.

A Prefeitura de Gravatá reforça os cuidados para evitar a proliferação do coronavírus, como evitar aglomeração, higiene das mãos e isolamento social.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Fernanda Pérez.

segunda-feira, 30 de março de 2020

(Via Vladimir Barreto).

Por conta da pandemia de coronavírus que assola o país e o mundo, os 22 vereadores e a vereadora deverão se reunir, nesta terça-feira (31), às 16h, através de videoconferência. O objetivo, é votar a aprovação do sistema de deliberação remota, para que os parlamentares possam se reunir em caráter excepcional em qualquer dia e horário. 

Nos próximos dias, a expectativa é de que o Poder Executivo também envie projetos para a Casa analisar e votar. A pauta, são as situações envolvendo o município e o combate ao coronavírus. 

A reunião desta terça, e as próximas, poderão ser acompanhadas normalmente pela população através da TV Web Câmara, nas redes sociais. As reuniões das comissões permanentes da Câmara, que também deverão se reunir online, também poderão ser acompanhadas em tempo real.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Leonardo Santos.