quarta-feira, 06 de janeiro de 2021


Por Janguiê Diniz – Controlador do Grupo Ser Educacional e presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo. Esses dias, me peguei pensando sobre como este 2020 foi um ano imprevisível. Quem diria que seríamos pegos de surpresa por um vírus mortal e que levaria não apenas vidas, mas também nossa liberdade, nossa esperança e nossa saúde – física, mental e financeira. E, quando pensávamos que esses dias nebulosos, típicos de uma tempestade forte – porém passageira, estavam indo embora, já na reta final deste ano, tivemos uma nova rebordosa. Ao mesmo tempo que ficamos na ânsia por uma vacina, uma cura, uma sombra de proteção, seja ela qual for, também entramos em profundas reflexões, sobretudo, aquelas LER NOTÍCIA

terça-feira, 05 de janeiro de 2021


Por Sayonara Andrade – Imaginei o que alguém, que perdeu um ente querido por Covid-19, por exemplo, escreveria na agenda para fazer no ano novo. Tentei ser essa pessoa por alguns minutos. Daí, peguei papel e caneta e imaginei quais sonhos e ambições teria a partir de agora. Já vi, dito por inúmeras pessoas, que o segredo da felicidade pessoal é não se comparar com ninguém. É preciso aceitar que cada um tem sua história, seu caminho, seu tempo. Você também já ouviu isso em algum lugar? Enquanto pensava na construção de minhas metas para 2021, essa teoria ficou orbitando minha mente. Mas ela perdeu o poder gravitacional quando tentei ser empática com todo mundo LER NOTÍCIA

sábado, 26 de dezembro de 2020


Por Janguiê Diniz – Fundador e Controlador do grupo Ser Educacional e Presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo. É complicado quando agentes políticos colocam interesses próprios à frente dos interesses da sociedade. Triste ver como isso é recorrente no Brasil, e vem de todos os lados. Em meio a uma pandemia, ainda somos obrigados a presenciar disputas ideológicas e políticas em torno das vacinas em estudo que podem imunizar a população contra o coronavírus. Às vezes, a impressão é que a imunização deixou de ser um assunto de medicina e saúde e tornou-se campo de embate.  Há, atualmente, quatro vacinas em estágio de testes no Brasil, algumas delas em estágio avançado. Cada uma com suas LER NOTÍCIA

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020


Por Daniel Mariano Gomes Filho – Professor do curso de Administração da Faculdade UNINASSAU Caruaru, consultor, mestre em Administração, especialista em Gestão Pública, Gestão de Pessoas e Gestão de Marketing. O décimo terceiro salário é uma gratificação natalina aplicada no Brasil no governo de João Goulart. Até os dias atuais este valor é aguardado por muitos brasileiros para ter sua conta no azul ou, por outro lado, conseguir adquirir algo que você esperou e trabalhou o ano inteiro para tal. As recomendações sobre o que fazer com o seu décimo terceiro são inúmeras, mas irão depender sempre de suas predileções. Nesse contexto é fundamental destacar que nos dias de hoje é fundamental o entendimento sobre: LER NOTÍCIA

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020


Por Sayonara Andrade – Ainda faltam alguns dias para o dia 25 de dezembro. No entanto, espero que esse artigo vá, em você, tomando corpo como reflexão do significado dessa data, a despeito do consumismo ou da hipocrisia. Estes últimos, infelizmente, sequestram as esperanças de pessoas desprevenidas em ocasiões festivas como o Natal. Na adolescência sempre me interessei por ler mensagens natalinas de empresas. Queria suprir minha curiosidade sobre o que elas desejavam aos clientes. Ficava curiosa para ver como elas cogitavam Feliz Natal desvinculando as felicitações da principal definição do dia 25 de dezembro. Afinal, o mundo se acostumou a comemorar nesse dia o nascimento de Jesus Cristo. Eu sempre me colocava no papel LER NOTÍCIA

quarta-feira, 09 de dezembro de 2020


Por Erick Lessa – Delegado de Polícia Civil e deputado estadual em Pernambuco. Uma assassina silenciosa, que destrói sonhos, oportunidades e vidas. Assim é a corrupção – um nome genérico que engloba práticas nocivas e perversas. Ela é uma das causas de fenômenos como o aumento dos abismos sociais, a falta de infraestrutura e a carência de serviços públicos para parcelas significativas da população. Esse tipo de conduta não é restrito apenas ao Brasil. Uma estimativa realizada no ano passado pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) apontou que 5% do Produto Interno Bruto (PIB) do mundo inteiro são desviados por causa da corrupção. Essa porcentagem corresponde a R$ 10,7 trilhões, e representa uma prática danosa LER NOTÍCIA

terça-feira, 08 de dezembro de 2020


OPINIÃO por Sayonara Andrade – O mundo ocidental parece-me viver sob o domínio de ditadores sociológicos. Seus conceitos se imiscuíram em áreas como Cultura e Política para exercer domínio sobre o máximo possível de pessoas. E suas táticas seguem funcionando com muita gente. Parece-me que o contemporâneo nível de desenvolvimento da capacidade de refletir sobre regras tradicionalmente impostas não nos tornou pessoas mais éticas. Mas há um ponto interessante aqui. Muita gente comprou a ideia de que, por exemplo, as chamadas minorias têm hoje mais direitos que outrora. Não faltam indivíduos alegando que mulheres e negros, por exemplo, estão agora em melhores condições em todas as áreas da vida. Aparentemente pode parecer que sim. Todavia, LER NOTÍCIA

segunda-feira, 07 de dezembro de 2020


Por Sayonara Andrade – Acredito que estamos vendo uma lenta e dolorosa extinção da sigla. Se usarmos a tentativa de assassinato de Adélio contra o presidente da república como metáfora, diríamos que o PT recebeu uma facada nas urnas de 2020. Mas não a obteve de antagonistas, como foi o caso de Bolsonaro. O Partido de Lula foi vítima dos próprios simpatizantes. Abriu-se um enorme buraco na esquerda brasileira nas eleições de 2020. O PT não levou nenhuma prefeitura no país.Vamos pensar um pouco no recado que o eleitor deu a todos nós esse ano. A maioria dos simpatizantes do PT são de grupos de militância expressa em pautas como luta contra racismo e direitos LER NOTÍCIA

sexta-feira, 27 de novembro de 2020


OPINIÃO – Por Sayonara Andrade – A identificação física e psicológica com pessoas que sofrem dá autoridade para falar em nome das vítimas. Porém, a meu ver, o prejuízo democrático ocorre quando esses protagonistas reúnem-se unicamente sob certas bandeiras ideológicas e pensam que são os únicos porta-vozes de quem sofre. Quando uma pessoa diz que entende outra, muitas vezes é porque apreendeu o significado que veio encapsulado nos intensos adjetivos usados na fala alheia. Se o outro disse que sofreu preconceito por ser negro, por exemplo, imediatamente procuramos na lembrança situação cujo sentimento foi análogo. Daí, expomos nossa solidariedade com quem está sofrendo o racismo. Há uma certa dignidade nesse tipo de identificação. Significa que, LER NOTÍCIA

quinta-feira, 26 de novembro de 2020


Por Janguiê Diniz – Fundador e Controlador do grupo Ser Educacional – Presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo. Tema delicado e que merece análises mais cuidadosas, múltiplas e aprofundadas, a adoção de programas sociais por parte de governos costuma gerar debates e controvérsias. Há quem defenda as iniciativas enquanto promotoras de direitos e garantidoras de acesso a determinados bens e serviços pela população mais carente, mas também há quem critique a adoção dessas medidas por considerá-las, a depender, excludentes, preconceituosas e eleitoreiras. Fato é que programas sociais, em especial em países como o Brasil, devem ter sua importância reconhecida, mas não podem, jamais, ser utilizados para criação de “massas de manobra”.  No Brasil, existem diversos LER NOTÍCIA