sábado, 06 de junho de 2020

(Via autor do artigo).

Era 3 de junho de um ano qualquer, e na casa de número 66 da rua Antonio Carlos Ferreira, no Bairro Salgadinho, na histórica cidade de Olinda, uma mãe dava à luz ao mais novo pernambucano, que seria batizado como Jorge Assis de Assunção, nome e sobrenome oriundo de dois santos de grande popularidade!

Ainda na infância, a família resolve vir morar no interior, e escolhe a aprazível cidade de Altinho, no Agreste do Estado. Foram anos naquela cidade com jeito, gente e cenário de paraíso rural .

Foi lá que ele despertou o gosto pelo futebol, chegando a criar dois times, e participou da filarmônica municipal. Conheceu técnicas musicais, acordes e melodias, matéria-prima que utilizaria para compor e interpretar !

Adentrou na música Nordestina como compositor, em 1978 o brilhante Trio Nordestino gravou a clássica música Petrolina – Juazeiro .

(Via autor do artigo).

Em 1980, presenteia Caruaru com a magnífica canção Capital do Forró , gravada no disco Corte o Bolo , celebrando 20 anos do Trio.  E lança seu primeiro disco, hoje pioneiro de uma coleção de 41 trabalhos, todos com o carimbo dourado do sucesso que caiu no gosto popular !  Parceiro dos melhores e maiores artistas da MPB .

Aplausos e parabéns pelas datas comemorativas:
40 anos de gravação da Capital do Forró 
40 anos de lançamento do primeiro disco 
60 anos do Trio Nordestino 

Aniversário de uma vida de capacidades, inspiração, bom gosto e grandeza humana. Viva o forró, viva a poesia, viva a cultura Nordestina. Salve Jorge, de Olinda, de Altinho, do mundo musical.

>>Por José Urbano – Professor, historiador e pesquisador cultural.

sábado, 06 de junho de 2020

(Reprodução internet).

“A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, neste sábado (06), 850 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 199 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 651 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 39.361 casos já confirmados, sendo 15.696 graves e 23.665 leves. Além disso, foram confirmadas 65 mortes. Com isso, o Estado registra 3.270 óbitos pela Covid- 19.” 

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação e Imprensa – SES/PE.

sábado, 06 de junho de 2020

FOTO: Coordenadores da Associação Irmã Júlia (Via Assessoria).

Mesmo diante do momento difícil pelo qual vem passando o mundo, devido à pandemia do novo Coronavírus, o espírito de solidariedade predomina entre os coordenadores e membros da Associação Irmã Júlia de Bezerros, no Agreste pernambucano. A entidade é reconhecida pelos vários projetos sociais que desenvolve ao longo do ano, tanto na cidade quanto na zona rural do município.

Apesar do isolamento social, o trabalho solidário não para e, por isso, a associação continua recebendo doações de cestas básicas, material de limpeza e higiene pessoal, brinquedos, alimentos não perecíveis, roupas, entre outros, para promover novas ações coletivas junto às comunidades mais carentes.

Para quem deseja conhecer melhor o trabalho desenvolvido pela entidade ou mesmo fazer alguma doação, basta entrar em contato através das redes sociais (Instagram: @associacaoirmajulia), pelo telefone (81) 9-9990-2680 ou ainda através do e-mail associacaoirmajulia@gmail.com.

Fundada em 2014, a Associação Irmã Júlia é mantida por voluntários que se dedicam em fazer o bem para quem mais precisa de ajuda, independente da época do ano.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa – AIJ.

sábado, 06 de junho de 2020

Enquete realizada pelo nosso blog, entre os dias 23 de maio (16h05) e 06 de junho (12h) de 2020, revela que a maioria dos eleitores concorda com o adiamento das eleições, ou seja, com a mudança de data no cronograma eleitoral. 

A enquete fez o seguinte questionamento: VOCÊ CONCORDA COM O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES? Transcorrido o período de duas semanas, o resultado foi de 66% favoráveis ao adiamento e 34% são contra adiar o calendário do pleito 2020. 

Vale lembrar que a enquete representa uma votação espontânea e para assegurar a confiabilidade dos números e resultados em questão foi autorizado que cada aparelho votante, seja computador, tablet ou celular, votasse apenas uma vez (identificação por ID). O somatório total dos percentuais equivale a totalidade dos 100% como observado nos números mencionados acima.

>>DA REDAÇÃO.

sábado, 06 de junho de 2020

UNIÃO E FÉ – O projeto traz São Pedro, Santo Antônio e São João juntos na luta contra o novo Coronavírus.

Será lançado, neste domingo (07), o projeto multimídia “Santos Conectados no Combate à Covid-19”. Criado pelos professores e estudantes dos cursos de Comunicação Social e de Medicina do Centro Acadêmico do Agreste (CAA), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Caruaru, o trabalho é uma das produções do projeto de extensão Solte Sua Voz. A iniciativa tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da prevenção contra o coronavírus.  

O projeto conta com cartazes dos três santos juninos e quatro episódios de uma radionovela, além de histórias em quadrinhos. Todos os produtos irão trazer São Pedro, Santo Antônio e São João para os tempos do novo coronavírus. O “Santos Conectados no Combate à Covid-19” utiliza a relação afetiva que o povo nordestino tem com as festas juninas para orientar sobre os riscos da pandemia.

De acordo com a professora  do curso de Comunicação da UFPE, Giovana Mesquita, o projeto multimídia foi pensado para reforçar, num momento festivo como o São João,  que é  preciso manter o isolamento social. “Com o auxílio desses santos a gente consegue passar uma mensagem para população de forma lúdica, através da radionovela e das histórias em quadrinhos, sempre reforçando que as pessoas fiquem em casa e se cuidem”, ressalta.

Os cartazes, as histórias em quadrinhos e a radionovela serão postados nos dias 13, 24 e 29 de junho no instagram @soltesuavozufpe. Todas as produções estão disponíveis gratuitamente para as diversas mídias comunitárias.  

O projeto de extensão Solte Sua Voz – Os Invisíveis Midiáticos, que é orientado pelas professoras Giovana Mesquita (Comunicação) e Carolina Paz (Medicina), tem como objetivo dar visibilidade para grupos sociais em situação de vulnerabilidade social. Além disso, o projeto apoia e incentiva a produção de conteúdos para mídias comunitárias, propondo-se a contribuir com a democratização da comunicação.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Sarah Rêgo.

sábado, 06 de junho de 2020

(Via Bezerros 24h).

O vereador licenciado e agora ex-secretário municipal de Agricultura de Bezerros, Romero Silva, assumirá à Coordenação de Articulação da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco – Adagro. A informação foi confirmada com exclusividade ao repórter Rinaldo Luiz, da página Bezerros 24h. 

Apesar do afastamento do cargo na prefeitura, o que gerou especulações de que Romero estaria se afastando para ser vice numa possível chapa para o pleito 2020, informação essa negada pelo próprio, ele disse que continua em Bezerros (visto que a cidade tem uma sede da Adagro) ajudando de forma voluntária no que for necessário.

Vale lembrar que Romero deixa a secretaria pouco mais de trinta dias após assumir o comando da pasta, na qual promoveu uma força-tarefa pelas ruas e estradas do município. A expectativa agora é que ele desenvolva atuação semelhante frente ao novo desafio junto à Adagro.

>>FONTE: Via Bezerros 24h / Rinaldo Luiz.

sábado, 06 de junho de 2020

(Via Assessoria).

Dois reeducandos da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, venceram o 5º concurso de redação da Defensoria Pública da União (DPU). Com o tema “Defender Direitos, Evitar Desastres: Como o Acesso à Justiça Contribui para o Desenvolvimento Sustentável”, o certame foi realizado em outubro do ano passado. Ruan Rodrigo Pereira e Izorildo Francisco dos Santos, primeiro e segundo colocados, respectivamente, concorreram na categoria Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Ensino Fundamental.

Os detentos, alunos da Escola Juiz Antonio Luiz Lins de Barros – localizada na PAISJ – concorreram com estudantes de escolas da rede municipal, estadual e federal. Ruan, 27 anos, estava na fase 4B, que equivale ao último ano do Ensino Fundamental. Como prêmio irá receber um tablet. Ele é definido como um excelente aluno por Caroline Paiva, gestora da escola. “Muito inteligente, sempre gostou de ler, tocar violão e cantar”, frisou. Segundo Ruan, ter vencido o concurso abriu portas para um emprego na fábrica da unidade prisional. “Só a educação me deu visibilidade pra que eu pudesse conseguir um emprego”, disse. 

“A educação e o trabalho são os grandes aliados da ressocialização. Esse resultado é fruto do trabalho intenso que vem sendo desenvolvido pela Secretaria Estadual de Educação no sistema prisional”, garantiu o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico. O segundo colocado, Izorildo, 62, cursava a fase 4A, também do último ano do Ensino Fundamental. Ele será premiado com uma câmera fotográfica. “Muito esforçado, participava das aulas e não faltava”, destacou a gestora Caroline. A entrega dos prêmios será na quinta-feira (11).

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Franci Almeida.

sábado, 06 de junho de 2020

ESTUDO – Materiais didáticos ajudam nesse período de isolamento social.

(Reprodução internet).

Enquanto as escolas suspenderam suas aulas na tentativa de impedir a propagação do Coronavírus ao evitar aglomerações. Precisamos nos lembrar, que esse período de isolamento social está longe de ser férias e exige uma organização maior de todas as pessoas.

O coordenador do curso de Pedagogia da UNINASSAU Natal, André Menezes, explica que é de extrema importância que as crianças sejam informadas de que é um momento de recolhimento e proteção. “A ideia é explicar da forma mais simples de que nos isolando não estamos protegendo só outro, mas também a nós mesmos”, enfatiza.

O uso de materiais didáticos e o cuidado para explicar a relação da criança com o vírus é essencial para que elas não se sintam culpadas pelo momento que vivem ao mesmo tempo ajudam na compreensão da importância da higiene pessoal e no cuidado com os avós. “Por muitas vezes elas moram com avós. Estudos apontam que os avôs são na grande maioria responsáveis por esse cuidado”, relembra André.

A partir disso, começaram a compreender melhor a rotina e como ela será nos próximos dias. Acordar no horário de costume é a primeira dica. Manter o horário de estudo já habituado contribui para a organização.  Se vão à escola no período matutino, que estudem pela manhã. Fica a cargo da escola fazer uma programação de estudo para esses alunos que estão em quarentena. Atividades podem ser revisadas e realizadas, leituras devem ser feitas. Essa rotina a escola que monta um cronograma e envia para pais e alunos.

Mas, esse isolamento não pode ser apenas estudo. Crianças têm a necessidade de se exercitar e brincar se torna essencial para o desenvolvimento. Por isso, a sugestão é, que além de estudos diários, os dias sejam repletos de atividades que estimulem a sua imaginação. Atividades como, cozinhar em família, cuidados com a casa, jogos e até mesmo leitura podem ser importantes e divertidas durante o isolamento.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / Willyberg Braga.

sábado, 06 de junho de 2020

(Reprodução internet).

Os Estados da Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão e Piauí questionam, mais uma vez, junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), a concentração de cortes do Programa Bolsa Família no Nordeste. Em petição apresentada, na última sexta-feira (05), à Corte, os procuradores-gerais desses Estados pedem também a anulação dos efeitos da Portaria 13.474, de 02/06/2020, na qual o Ministério da Economia suspende o repasse de R$ 83.904.162,00, originalmente destinados ao Programa Bolsa Família, e os destina para a comunicação institucional do governo federal.

Os cortes dos benefícios do programa estão suspensos enquanto durar a pandemia por força de liminar do ministro do STF Marco Aurélio Mello, de 23 de março, na Ação Cível Ordinária (ACO) 3359. Naquela decisão, o ministro também determinou que a União disponibilize dados que justifiquem a concentração de cortes de benefícios no Nordeste e dispense aos inscritos nos Estados-autores tratamento isonômico em relação aos beneficiários dos demais entes da Federação.

“Esses dados nunca foram apresentados pelo governo federal e agora nos deparamos com essa transferência de recursos do programa para a publicidade. Pedimos que o STF determine que a União faça a recomposição dos R$ 83,9 milhões ao Bolsa Família e disponibilize os dados que justifiquem a concentração de cortes no programa no Nordeste, além de explicar por que os cortes continuam ocorrendo a despeito da liminar do ministro Marco Aurélio Mello”, explica o procurador-geral do Estado de Pernambuco, Ernani Medicis.

Na petição, dentro da ACO 3359, os procuradores-gerais argumentam que “as condutas da União afrontam diretamente o procedimento acautelatório exarado nos autos do processo, pois à mingua da disponibilização das informações aptas a justificar a concentração de cortes do Bolsa Família na Região Nordeste, ainda promovem significativos cortes no aludido programa que visa atender justamente a parcela da população brasileira mais vulnerável e em período de excepcional necessidade de calamidade sanitária”.

“É inadmissível o desrespeito à ordem do ministro Marco Aurélio, para que fosse explicada pelo Governo Federal a odiosa concentração no Nordeste dos cortes dos benefícios do Bolsa Família. A decisão do ministro do STF também determinou que a população nordestina tivesse tratamento isonômico em relação aos beneficiários dos Estados de outras regiões. Não fosse a flagrante iniquidade da postura do Governo Federal, assombra o conteúdo da recente Portaria do Ministério da Fazenda que anula a dotação de quase R$ 84 milhões do Bolsa Família, transferindo, abrindo crédito para o Governo Federal gastar em comunicação institucional”, afirmou o procurador-geral do Estado da Bahia, Paulo Moreno Carvalho.

DADOS – Segundo dados fornecidos pelo Ministério da Cidadania e divulgados em 03/06/2020, é possível se inferir que o Nordeste continua penalizado no que tange ao programa de distribuição de renda do governo federal, visto que no mês de maio de 2020 foram atendidas menos famílias que no mesmo período de 2019, mormente quando estamos em pleno quando de retração econômica decorrente da pandemia do coronavírus.

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação e Imprensa / Procuradoria Geral do Estado da Bahia.

sábado, 06 de junho de 2020

(Reprodução internet).

O Projeto de Lei que modifica o prazo de divulgação da lista de material escolar foi aprovado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, na última quinta-feira (04). A matéria do deputado estadual João Paulo Costa (Avante) determina que as instituições de ensino antecipem o levantamento para o mês de novembro. A medida foi elaborada para permitir maior tempo hábil na busca e compra dos produtos. 

“Antes, os pais recebiam a lista dos materiais necessários para o ano letivo no momento da matrícula da criança. Naturalmente, começava uma corrida contra o tempo para garantir todos os produtos e, como não havia tempo hábil para pesquisar, o valor gasto acabava ficando pesado para o bolso das famílias. Por causa disso, pensamos que seria interessante dar mais tempo para os pais se programarem para as compras. Recebendo com antecedência de dois meses, haverá mais tempo para buscar em diversos locais e também fugir de aumentos abusivos e aglomeração de pessoas. Além disso, não será um choque tão grande na economia da família logo no início do ano”, declarou o parlamentar. 

Os itens solicitados devem ser utilizados durante o período escolar. Os objetos variam de acordo com a idade dos estudantes. Para os anos iniciais, podem ser requisitados, por exemplo, pincel, lápis de cor, livro de desenho e massa de modelar. Para alunos maiores, os pedidos são para lápis, caneta, livros específicos e outros produtos. Não são permitidos que produtos como álcool, sabonetes, papel higiênico e pratos descartáveis façam parte das exigências da escola. Também é proibido que as instituições determinem a compra em local específico ou definam a marca dos produtos que vão ser adquiridos.

>>FONTE: Via Assessoria de Imprensa / João Gabriel.