sábado, 28 de novembro de 2020


OPÇÕES – Atividades de teatro, cinema, artes visuais, música e literatura acontecem de 1º a 5 de dezembro de forma on-line.

(Via Renato Filho).

O Sesc PE, através do Centro de Produção Cultural, Tecnologia e Negócios de Garanhuns, realiza de 1º a 5 de dezembro mais uma edição da “Mostra Marcos Freitas – Território das Artes”, um projeto já consolidado, com 15 anos de existência, que dialoga com todas as linguagens artísticas. Este ano, devido a pandemia do novo coronavírus, as atividades serão virtuais, com transmissão pelo Youtube ou pela plataforma Zoom. Para apreciar os espetáculos teatrais e a sessão de filme, o público já pode adquirir os inscrições pelo site www.cursos.sescpe.com.br

As ações de artes visuais e literatura acontecem do dia 1º ao dia  5, com exibição pelo canal www.youtube.com/sescpernambuco. Morgana Brandão, professora de artes do Sesc, apresenta a série de oficinas “Invento para Criar”, às 10h. No dia 1º, a oficina é de escultura com gravetos; no dia 2, ela ensina a pintar com sabão e corante; as técnicas de desenhos com guache e giz de cera são no dia 3; e no dia 4, a professora mostra como realizar a Cologravura.

Do dia 1º ao dia 5, das 14h às 18h, o ator Joesile Cordeiro realiza a série “Guarda Poesia”, que é da atividade chamada Poesia ao Pé do Ouvido. Similar ao serviço de telemensagem, Joesile faz ligações telefônicas para uma lista pré-definida pela organização da Mostra, e recita poemas dos artistas pernambucanos Cida Pedrosa, de Bodocó; Helder Herik e Fernanda Limão, de Garanhuns; e Clarice Freitas e Miró da Muribeca, do Recife.  

Também de 1º a 5 de dezembro, sempre às 17h, a professora de teatro do Sesc Yalle Feitosa traz a série de contações de história “Histórias ao Entardecer”. A cada dia, ela apresenta vídeos de breves contos com temáticas voltadas, principalmente, para crianças, mas com mensagens positivas para todas as idades. A primeira é “João Besta”. Depois, “Que História é Essa?”, “O Carro de Boi Encantado”, “João Espeto Leva o Presente Certo” e “A Velha Verdade”.

A programação de espetáculos da Mostra Marcos Freitas começa na terça (1º), às 20h, com a performance “#MedusaMusaMulher”, da atriz Fabiana Pirro e o Grupo Cênico Calabouço (PE). A apresentação será pela plataforma Zoom. Depois, Fabiana e o diretor Breno Fittipaldi conversam com a professora Yalle Feitosa. O ingresso custa R$ 10, sendo R$ 5 para os trabalhadores do comércio e seus dependentes e o link para a aquisição é o https://cursos.sescpe.com.br/turma/espetaculo-medusa-musa-mulher-grupo-cenico-calabouco-e-fabiana-pirro/espmm-f1-4718306.

Na quarta (2), às 20h, é a vez do Cinema, quando será exibido o curta-metragem “Crua” (2014), de Benedito Serafim, que conta a história de amor, dor, entrega e preconceito entre um escritor e um entregador de água, membro da torcida organizada de um time de futebol. Após o filme, o roteirista Gleison Nascimento e Thiago Martins conversam sobre o tema do curta com Robson Farias. A exibição gratuita será pelo Zoom e para prestigiar a obra, o público precisa adquirir o ingresso pelo link a seguir: https://cursos.sescpe.com.br/turma/exibicao-de-filme-crua-diretor-benedito-serafim/eximm-f1-4718306.

Na quinta (3), tem mais um espetáculo teatral, “Muribeca, Algo – Sobre Viver”, do Coletivo (in) Comum (RJ) e o Grupo Cênico Calabouço, que se uniram para investigar as escritas dramatúrgicas contemporâneas do Nordeste. Na sequência, a professora Yalle Feitosa faz a mediação do bate-papo entre o ator Reinaldo Patrício e Breno Fittipaldi. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 para os comerciários e dependentes. O link para garantir uma das vagas para ver o espetáculo é o https://cursos.sescpe.com.br/turma/espetaculo-muribeca-algo-sobre-viver-coletivo-in-comum-e-grupo-calabouco/espmm-f2-4718306.

Alexandre Guimarães apresenta o monólogo “Eu Não Sou João Caetano Virtus” na sexta (4), às 20h, também pelo Zoom. Ele mostra um ator que, próximo de estrear um espetáculo sobre João Caetano, o patrono do teatro nacional, se vê preso em seu teatro-casa em meio a uma pandemia e, de maneira isolada, observa as transformações no mundo e em si mesmo com o passar do tempo. O espetáculo será seguido de um bate-papo entre o ator e a professora Yalle Feitosa. Ingressos a R$ 10 e R$ 5 pelo link a seguir: https://cursos.sescpe.com.br/turma/espetaculo-eu-nao-sou-joao-caetano-virtus-alexandre-guimaraes-producoes/espmm-f3-4718306.

No sábado (5), encerrando a Mostra Marcos Freitas – Território das Artes 2020, o compositor e poeta Alexandre Revoredo apresenta o show musical e bate-papo “Revoredo”, às 20h, pelo canal do Sesc PE no Youtube (www.youtube.com/sescpernambuco). No repertório, um apanhado de suas canções, ao longo da carreira, entre elas os novos singles “De Repente” e “Quase Tudo”. “No contexto atual, em que será totalmente virtual, a Mostra Marcos Freitas não perde a sua potência, a sua identidade; aguardamos a todos e todas para vivenciar essa linda experiência”, afirma Josimar Araújo, instrutor de atividades artísticas do Sesc.

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação e Imprensa / Cláudio Rodrigues.