sexta-feira, 18 de setembro de 2020


(Via Satenpe).

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem de Pernambuco – SATENPE fez novas denúncias em relação ao descaso e abandono com a saúde pública no Hospital Regional do Agreste em Caruaru. Segundo a entidade, além da superlotação de pacientes nos corredores e na sala do bloco cirúrgico, onde cabem 17 pacientes, mas estavam acomodadas 40 pessoas no último final de semana, existe o abandono de macas e camas hospitalares que poderiam estar em manutenção para uso posterior. 

O Satenpe denunciou ainda que a comida servida aos funcionários da unidade de saúde estava estragada, inclusive contendo larvas. Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o órgão faz graves denúncias em relação ao maior hospital de emergência do interior de Pernambuco.

>>POSICIONAMENTO – HRA

A direção do Hospital Regional do Agreste – HRA informou que, em relação à alta demanda de pacientes na unidade, a unidade precisa atender todos os casos de emergência, que são crescentes no final de semana, recebendo vítimas de acidentes, agressões físicas ou por armas, dentre outros, e vem trabalhando para que o atendimento seja agilizado. A entrega de EPIs e todos os protocolos de prevenção e higiene vem sendo cumpridos.

Em relação às macas e camas, estão sendo catalogadas, de acordo com o tombamento, para serem recuperadas ou inutilizadas, conforme a situação de cada equipamento. Sobre a informação relacionada à comida, a unidade desconhece, pois todas as refeições são preparadas diariamente, seguindo as recomendações de higiene e conservação.

>>DA REDAÇÃO.