terça-feira, 24 de novembro de 2020


Utilizando mensagens gravadas em vídeo, o Icia fala sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil. Quando a doença é descoberta logo no início significa 80% de chances de cura. Por isso, alguns médicos da instituição reforçam em suas mensagens quais os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil.

Com as mensagens virtuais, que estão sendo compartilhadas nas redes sociais do Icia, o objetivo é alertar e conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer é a principal causa de morte entre crianças e adolescentes (0 a 19 anos). 

Ressalta-se que o câncer infantojuvenil envolve todos os tipos de neoplasias, sendo as leucemias, depois os linfomas e os casos de tumores no sistema nervoso central. Os avanços no tratamento da doença nas fases da infância e adolescência são significativos, porém o diagnóstico precoce somado ao tratamento em centros especializados são imprescindíveis para a qualidade de vida dos pacientes.

De acordo com o médico responsável técnico do setor de Oncopediatria, Dr. Luiz Henrique Soares, quanto mais tempo se leva para iniciar o tratamento, mais o organismo fica vulnerável a complicações. “Neoplasias com muito tempo de evolução apresentam complicações que podem ser irreversíveis. Quando o diagnóstico é feito em tempo, as chances de cura aumentam expressivamente. E é importante lembrar que a união de todos está relacionada a cura. Não somente os profissionais de saúde, mas todos os responsáveis por suas crianças precisam ficar atentos aos sinais. O diagnóstico precoce é uma responsabilidade de todos”, reforça.

Alguns sinais podem ajudar a identificar que algo não vai bem com a criança. Ainda de acordo com Dr. Luiz Henrique, palidez, aumento do volume das ínguas (gânglios), dores ósseas de grande intensidade, manchas nos olhos, além de manchas roxas pelo corpo e sangramento nasal podem ser indicadores da doença. 

O surgimento de qualquer um deles deve ser levado em consideração e avaliado por um médico especialista, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento o mais breve possível.

DNCCI

O Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil é no dia 23 de novembro, e o Icia precisou adaptar suas ações e busca repassar informações tão importante de maneira virtual. 

Através das redes sociais do instituto, profissionais de saúde repassarão mensagens sobre como acontece o diagnóstico precoce, a importância de entender mais sobre a doença e como o Icia pode ajudar nesse processo. 

O Icia conta com o apoio da imprensa local na divulgação dessas informações tão importantes para a população. Quanto mais o conhecimento sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil forem divulgados, maiores as chances de cura para crianças e adolescentes.

Linha do Tempo

No dia 4 de abril de 2008, o DNCCI foi oficializado pelo então Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que promulgou a Lei 11.650 instituindo o dia 23 de novembro como o  Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil. 

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação e Imprensa / Geisebel Santos.