terça-feira, 24 de novembro de 2020


(Via Assessoria).

Manter o sono regulado, uma alimentação balanceada, o humor controlado e a disposição para encarar o dia a dia são metas de grande parte da população. E porque não dizer que o objetivo é alcançar longevidade? Muito se fala sobre o tema, mas, será que, de fato, se sabe o que é a longevidade?

De acordo com especialistas, longevidade nada mais é do que ter saúde para envelhecer com qualidade de vida. Mas, para que esse processo aconteça da forma correta, é essencial manter hábitos saudáveis. “Apesar de não existir uma fórmula secreta para a longevidade, a ciência tem provado que uma alimentação saudável, e a prática de exercícios físicos ao longo da vida podem ajudar a desacelerar o processo de envelhecimento”, afirmou a nutricionista Paula Brielle. 

Além disso, a profissional destacou que a circulação, disposição e sono regulado se relacionam diretamente com os alimentos ingeridos. “Primeiramente, é muito importante buscar auxílio de um profissional da saúde para ajudar a reconhecer o corpo e o funcionamento do organismo. A prescrição de chás, outros tipos de alimentos, e até mesmo complexos vitamínicos são diferenciados e devem ser indicados individualmente”

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o relatório anual Worth Health Statistics 2019 aponta que, no Brasil, a expectativa de vida ao nascer passou de 69,9 para 75,1 anos entre 2000 e 2016, e que a esperança de vida saudável ao nascer, ou seja, o número de anos que se espera viver em plena saúde, passou de 61,5 para 66 anos.

Os dados trazem, ainda, mais certeza de que alimentação, exercício e sono, andam lado a lado. “Existem diversas fórmulas de fazer com que a prática saudável possa ser prolongada, tudo vai depender de como se encara as obrigações, se disciplina e alinha a rotina. Além dos alimentos e exercícios físicos, hoje em dia existem fitoterápicos que também auxiliam na qualidade de vida, no bem estar e, principalmente, na busca pela longevidade”, reforçou Brielle.

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação e Imprensa / Pedro Neto.