sábado, 24 de outubro de 2020


DICAS – Nutricionista orienta como candidatos e militantes podem manter uma alimentação adequada.

(Via Gazeta do Povo).

Uma alimentação saudável é essencial na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis como, por exemplo, a pressão alta. Mas é importante salientar que manter um padrão alimentar dentro dos conformes também traz benefícios nutricionais em curto prazo: melhora do humor, disposição e vigor para realização de atividades habituais e ocasionais (dançar, malhar, passear), entre outros.   

Mas, em meio às maratonas eleitorais, seja carreatas, motocadas, entre outros eventos (devendo as pessoas terem os devidos cuidados diante da pandemia do Covid-19), é possível manter uma alimentação saudável? A Nutricionista e professora do curso de Nutrição da Faculdade UNINASSAU Caruaru, Lilian de Lucena, afirma que sim e traz algumas dicas essenciais para que as pessoas possam manter essa alimentação adequada, mesmo diante de grandes maratonas:  

1) Hidrate-se! A água é o combustível do corpo, participando de diversos processos como regulação da temperatura corporal e o transporte de nutrientes e outros produtos do metabolismo. Sendo assim, não espere sentir sede para beber água, a sede já é sinal de desidratação. Para saber a quantidade de água que deve consumir, multiplique seu peso por 35mls.  

2) Antes de ir ao evento, procure realizar as refeições em casa, desta forma, garantirá qualidade (nutricional e microbiológica) e o consumo limitado de alimentos industrializados. Não pule refeições, isso garantirá o consumo quantitativamente moderado de alimentos;  

3) Quando estiver no evento e sentir fome, opte por preparações mais saudáveis: sanduíches naturais, frutas, sucos, queijos brancos, iogurtes, churrasco (preferência carnes brancas e magras). Outra sugestão é levar o próprio lanche: castanhas e oleaginosas (amendoim sem sal, castanha de caju ou do Brasil, por exemplo) associadas com frutas (mexerica, maçã, banana, pera, ameixa) são excelentes opções.  

(Reprodução internet).

4) O consumo de bebidas alcoólicas deve ser moderado, já que o álcool não é considerado nutriente e todo corpo trabalhará para sua eliminação, levando-a a exaustão no dia seguinte.   

5) Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas, bem como alimentos processados e ultraprocessados com hambúrgueres e salsichas. Esta observação se aplica a coxinhas, pastéis e frituras em geral. Moderação é a palavra-chave!  

“Assim sendo, práticas alimentares saudáveis devem estar presentes de maneira permanente na vida dos indivíduos desde as refeições realizadas em casa, principalmente àquelas realizadas fora do lar”, conclui a nutricionista. 

>>FONTE: Via Assessoria de Comunicação e Imprensa / Willyberg Braga.